COM QUEM VOCE VAI CASAR? (ou se manter casado?)

Com quem você vai casar? (ou ficar casado?)

A palavra tem poder, os antigos já diziam, o que não se sabia entretanto, é que ela era tão importante para as relações humanas. Quer saber se uma união vai durar? Basta perguntar se a conversa a dois é agradável. Quem não gostar de uma boa conversa, acabará, dentro de mais ou menos tempo, por não gostar também do resto.

Assim, depois de um tempo, também nas relações, vão-se os cheiros e ficam as palavras.

As histórias trazidas nas conversas embalaram os berços da humanidade e construíram nossa identidade. E’ verdade, que saber contar uma história é um dom que causa uma doce angústia no ouvinte. Um misto de pressa para que a história acabe, seguida de um sincero temor de que ela realmente termine.

Na vida e nas histórias, o suspense, vem às baforadas, entremeado de ladrilhos de silêncios e pequenos solavancos. O riso é sempre no compasso do ouvinte.

Cada um vive e constrói a própria história, que em verdade, não precisa de um grande final, mas sim de um grande meio, para que tenha-se a certeza de que “valeu a pena”. Assim, mesmo uma pequena história, vivida e contada com encanto, se transforma em uma grande aventura. E viver ainda é a maior de todas as aventuras!

Viver e ouvir uma boa história, é seguir por uma ponte de arco íris, que o leva a um lugar em que ninguém nunca esteve, pois pertence apenas à você. Ambas tem o poder de tocá-lo mantendo-o preso a algemas invisíveis, que finalmente se rompem formando o seu desfecho.

A vida e as histórias são mistérios intimamente ligados.

Com as experiências negativas, os sábios extraem novas cores e criam novos caminhos, levando junto quem estiver com eles. Quem conta histórias, coloca nelas, as cores que levarão o expectador por caminhos e cores que só ele pode compor.

Sherazade, a linda princesa da Pérsia, salvou sua vida, e a vida de centenas de jovens com o poder de suas histórias. Enganou o Rei, que para evitar traição, desposava uma nova noiva todos os dias e a matava ao amanhecer.

Mesmo aguardando a morte ao amanhecer, ela começou uma história com tamanha paixão e vibração, que o Rei ordenou que não parasse, e assim, noite após noite, o rei dormiu embalado pelas historias que deram origem aos contos das Mil e Uma Noites, e Sherazade manteve seu casamento, deu três herdeiros ao trono, e inaugurou o reinado das mulheres de “poder”.

Sherazade conquistou a liberdade, exercitou sua criatividade, e se manteve casada por longas décadas inaugurando a forma mais bonita de voar: através do pensamento.

Você vai casar e se manter casado com quem for capaz de voar com você.

Boa sorte!

114apple-heart-1368025-m



2 respostas para “COM QUEM VOCE VAI CASAR? (ou se manter casado?)”

  1. Ana Paula disse:

    Texto lindo e verdadeiro. Como sempre, sensibilidade flutuando em cada palavra. Perfeitamente completo. Bjd

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *