ALO ALO PAPAI NOEL!!

Alo Alo Papai Noel

Alo Alo Papai Noel

ALO ALO PAPAI NOEL!!

 

Você lembra do momento em que soube que papai noel não existia?

Muita gente que eu conheço se lembra deste fatídico momento.

É aquela hora preciosa em que a gente começa a perceber que tem algo de podre no mundo dos adultos… Que aquele velhinho doce e barbudo parece não gostar de algumas crianças, mesmo que sejam boas e tal…porque afinal, as deixa sem presentes.

Como escritora e mãe, defendo a fantasia, o sonho e a imaginação acima de qualquer coisa. São poderosas portas que abrem caminho para a construção do ser.

Mas sobre ficar mantendo o Papai Noel no centro do natal por muito tempo para a criançada…tenho lá minhas dúvidas.

Então, a gente vira a cidade do avesso, apela para sites, encomenda de amigos que moram fora, as coisas mais mirabolantes que eles pedem de natal, e no fim, o bom velhinho recebe todos os créditos? Não me parece justo, nem honesto.

Quando têm menos de tres anos, tudo entra na conta daquele doce fascínio dos pais, em apreciarem aquela pureza ingênua da criança, e eles fazem parte do circo com alegria! Conheço até os que se vestem de papai noel e fazem a festa! Mesmo com a criançada com aquela cara de quem não está acreditando muito, e depois voltam `a festa todos suados, e meio desidratados, com ar de quem nem imaginava que o tal cara do saco cheio de presentes esteve por ali.

São momentos gloriosos e inesquecíveis, mas que no final, acabam alimentando mais a fantasia dos adultos do que das próprias crianças.

A fantasia e a mágica do Natal são absolutamente encantadoras, mas a partir dos quatro, cinco anos, parece mais honesto que comecem a entender que a mãe e o pai tem de dar duro para comprar as coisas que desejam, especialmente no Natal.

De tudo que sei, não acho que tenha sido trauma para ninguém a tal descoberta de que o bom velhinho não existe.

Vivemos em um mundo em que as crianças fazem parte de um universo extremamente conectado com tudo que existe ao seu redor. Participam e se interessam pelo mundo dos adultos com grande voracidade.

Quando contei ao meu caçula de cinco anos que Papai Noel não existia e tentava manter a conversa no plano espiritual, com a celebração do nascimento de Jesus, ele me perguntou com uma franqueza que só uma criança de cinco anos pode ter:

– Se DEUS criou tudo que existe, porque afinal ele criou o Papai Noel, se ele não serve pra nada?

Fiquei com vergonha de não ter contado antes…

Então? que serve o Papai Noel afinal?

Feliz Natal!

 

Eventing_and_Dog_Fall_Photos_078



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *